BRASILEIRO SÉRIE C, FUTEBOL IMPERATRIZENSE, FUTEBOL MARANHENSE

Exclusivo: Entrevista com o técnico Paulinho Kobayashi falando sobre o seu futuro no Imperatriz

IMG_9813
Foto: Coluna do Futebol

Na última segunda-feira (9) o Imperatriz deu adeus ao sonho do acesso ao Campeonato Brasileiro da Série B. Após empatar no jogo de ida no estádio Frei Epifânio, o Imperatriz não conseguiu segurar o ímpeto do Juventude, e foi derrotado no estádio Alfredo Jaconi pela equipe Jaconera.

Mesmo após a derrota na fase mata-mata da Série C, é nítido nos rostos dos torcedores imperatrizenses o orgulho pela melhor campanha da história do Cavalo de Aço em campeonatos brasileiros. Um dos responsáveis pela ascensão da equipe alvirrubra é o técnico Paulinho Kobaysahi e toda a sua comissão.

Kobayashi reestreou no comando técnico do Imperatriz no dia 01 de junho diante da sua torcida, contra a equipe do Santa Cruz de Recife, a reestreia não foi como a torcida esperava, a equipe do Santa Cruz venceu por 1 a 0, a partir daí, foram 15 jogos, com 7 vitórias, 5 empates e 3 derrotas, um aproveitamento de 53,3 %, batendo na trave do acesso para a Série B. Além dos números bastante positivos, a equipe do Imperatriz vinha desempenhando um belo futebol dentro de campo, recuperando a confiança do seu torcedor e lotando o estádio Frei Epifânio.

Na tarde de hoje (12), conversamos com o técnico Paulinho Kobayashi, falamos sobre a eliminação para o Juventude-RS, a permanência no comando técnico do Cavalo de Aço, e outros assuntos, confira nossa entrevista EXCLUSIVA:

COLUNA DO FUTEBOLComo explicar ao torcedor a forma que o time se comportou dentro de campo na derrota para o Juventude-RS?

PAULINHO KOBAYASHI – “O fato de nós termos tomado gol muito cedo atrapalhou um pouco, desequilibrou tomar dois gols em dez minutos, deixou a nossa equipe um pouco abalada, depois que nós tomamos o terceiro, nós tivemos uma perca muito grande no sentido de equilíbrio, mas depois do intervalo nós voltamos melhor, continuamos a jogar, nós jogamos uns quinze minutos no finalzinho do jogo, depois no segundo tempo uns quinze a vinte minutos conseguimos jogar, conseguimos envolver o adversário, mas eu acho que o ponto fundamental foi tomar o gol muito cedo que acabou desequilibrando”.

 

COLUNA DO FUTEBOL – O que levou o Imperatriz a largar da 7° posição na tabela do campeonato (após a sua chegada)  para brigar pelo acesso à série B?

PAULINHO KOBAYASHI – “Quando cheguei aqui, eu tive só dois dia de trabalho para o jogo contra o Santa Cruz, fiquei no banco basicamente como auxiliar, quando eu tive trabalho mesmo foi no jogo contra o ABC, onde estávamos na nona posição, aí sim iniciou o meu trabalho, eu penso dessa maneira. Eu acho que foi os meninos acreditarem no meu trabalho, se entregarem, se dedicarem, e confiaram, eu consegui passar uma confiança para eles, consegui colocar meu modelo de jogo, a maneira que nós íamos jogar e eles acharam bom, e eu acho que isso daí que motivou os jogadores a conseguirem os resultados, e os resultados vão fazendo com que nossa equipe saia da zona de rebaixamento, para chegar até na briga pelo acesso”.

 

COLUNA DO FUTEBOL – Esta é a sua segunda passagem no Imperatriz, realizados 15 jogos, com 7 vitórias, 5 derrotas e 3 empates, um aproveitamento de 53,3%, batendo na trave ao acesso da Série B, qual balanço você faz?

PAULINHO KOBAYASHI“Essa segunda passagem foi a oportunidade que eu tive de mostrar o meu trabalho, na primeira passagem eu não tive oportunidade, começamos uma pré-temporada, era início (da gestão) do Adauto e Rodrigo, e acho que a pressão do torcedor fez com que eles tomassem uma decisão precipitada, não deram tempo para o meu trabalho, mas uma coisa boa que eu sempre falo é que o Rodrigo acreditou muito em mim, ele sempre gostou do meu trabalho, por isso ele resolveu me trazer novamente, muitos não gostaram, eu sei disso, mas o fato dele ter visto que eu sou um cara sério, trabalhador e correto, ele acabou me trazendo de volta, eu acho que esse foi um dos motivos que fez com que eu pudesse mostrar o meu trabalho, conseguir sete vitórias numa série C não é fácil, por mais que tenham essas derrotas, mas, só essa pontuação aí, o time que caiu não conseguiu chegar nessa pontuação que eu fiz com as vitórias, eu penso que foi muito positivo, esse é balanço que eu faço a respeito da minha segunda passagem pelo Imperatriz”.

 

COLUNA DO FUTEBOL – Paulinho, selecionamos duas perguntas dos nossos seguidores para você, a primeira é, permanece no Imperatriz para a temporada 2020?

PAULINHO KOBAYASHI“Vamos conversar com a diretoria, vamos colocar no papel os pós e os contras, aqui eu fui muito bem recebido pela segunda passagem, tanto do Rodrigo como do Adauto, que são as pessoas que estão a frente do futebol, e também pela torcida, torcida que a partir do momento que começou a reconhecer o meu trabalho, me apoiou o tempo todo, sou muito grato a essa torcida, eu falo que a torcida me ajudou bastante, uma das coisas que eu classifico que fez com que a equipe chegar onde chegou, foi o apoio do torcedor, eu agradeço muito todos os torcedores que me apoiaram, que acreditaram no meu trabalho, esse foi um dos pontos fundamentais que me ajudaram no trabalho, quanto a permanência, vamos estudar essa possibilidade, existe a possibilidade de renovação, mas também se não existir essa possibilidade de renovação, vamos ter sempre as portas abertas, eu gosto muito de Imperatriz, me identifiquei muito aqui com a cidade, me identifiquei muito com o torcedor. A imprensa me ajudou muito, tem uma exceção, mas os outros, todos me ajudaram, só tenho que agradecer a imprensa, que me ajudou bastante e me apoiou, e eu procurei ser o mais correto, mais coerentes com vocês da imprensa, justamente pelo fato de ter visto que eu procuro sempre dá atenção para todos da imprensa, isso foi uma das coisas que me ajudaram bastante, e que me ajudam talvez na permanência aqui para 2020”.

 

COLUNA DO FUTEBOL – A segunda pergunta dos nossos seguidores é, havendo continuidade no trabalho, haverá reformulação no elenco, e quais posições seriam?

PAULINHO KOBAYASHI“Se caso renovarmos para 2020 vamos ver quem são os jogadores que ainda tem contrato, quem são aqueles que acabam contrato, e quem são aqueles que possam permanecer para o próximo ano, e se necessário, alguns jogadores para podermos trazer, para poder fortalecer ainda mais a estrutura que já temos, já temos uma base, eu acho que é mais para fortalecer essa base, pois é importante”.

 

COLUNA DO FUTEBOL – Para encerrar, qual mensagem você deixa ao torcedor do Imperatriz?

PAULINHO KOBAYASHI – “Ao torcedor do Imperatriz eu só tenho que agradecer, assim como eles aplaudiam a equipe quando nós entrávamos em campo quando nós jogávamos futebol, eu deixo aqui os meus aplausos para todos os torcedores, parabenizando pelo que eles fizeram, o apoio que eles deram eu só tenho que agradecê-los e dá os parabéns por tudo que eles fizeram. O torcedor foi uma peça fundamental nessa campanha, foram o meu décimo segundo atleta, eu só tenho que agradecer todos os torcedores que lotaram o estádio, aqueles primeiros que acreditaram no trabalho, que eram poucos, depois começou a encher, até o último jogo que fizemos em casa onde foi lotação máxima, que eu saí de campo arrepiado pelo que fizeram, deixo aqui minha gratidão por todos os torcedores, e falar que hoje eu me sinto um cidadão imperatrizense, quero dizer que independente de qualquer situação de permanência ou saída, eu sempre vou ter Imperatriz no meu coração, principalmente os torcedores pelo apoio recebido, um grande abraço a todos os torcedores, e que termine aqui 2019 com muita saúde e muita paz, que Deus possa abençoar essa cidade”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s